domingo, 28 de junho de 2009

Tiras de segunda

Eu sou uma pessoa simplesmente viciada em tiras de humor
então nada mais justo que começar um tópico nesse blog para elas
começam hoje as tiras de segunda
a tira de hoje vem do blog de tiras Um Sábado qualquer. que faz tiras satíricas da criação da humanidade por deus

sexta-feira, 26 de junho de 2009

LUTO: MICHAEL JACKSON


infelizmente morreu ontem o rei do pop Michael Jackson.
deixo minha homenagem ao cantor que inspirou muitos, que mesmo após todos os escândalos, sabe-se que ele fez muito por muitas pessoas.
Descance em paz MJ.
Esta no melhor momento para dançar thriller na neverland de verdade.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Transformers: a vingança dos derrotados


De volta depois de muito tempo estou aqui, vivo, firme e forte.
fui nesta maravilhosa quarta-feira ver o filme transformers a vingança dos derrotados.
Cheguei no cinema atrasado, numa seção DUBLADA, que até hoje não sei o que passa na mente do dono do cinema no shopping avenida center, que coloca o filme passando em duas salas diferentes e ambas dubladas. Enfim, consegui chegar antes de acabarem os trailers e eis que se inicia o filme.
Devo dizer que o filme é maravilhoso, simplismente fodástico. Não sei se consigo dizer que é melhor que o primeiro ou tão bom quanto ele porém tenhu certeza de que o filme é ótimo.
Passando a sinopse de sempre o filme diz o seguinte: Sam(Shia Labeoulf) está arrumando as coisas para ir à faculdade quando encontra em uma de suas roupas um pedaço do cubo Allspark. Ao tocar no fragmento ele começa a ter visões de símbolos. Neste momento os decepticons começam a ressucitar Megatron que estava guardado no fundo do oceano.
Sam dá o fragmento a Mikaela (Megan Fox)...Ahhh megan fox... pena que ela seja uma farsa, mas enfim voltando ao assunto. Ele dah o fragmento para Mikaela e vai para faculdade onde continua a ter alucinações com os tais símbolos, então em um momento os decepticons vão atrás de Sam, que começa então a descobrir que a briga entre os decepticons e os Autobots tem raizes muito antes de que qualquer um de seu colegas robôs sequer saibam. E entra em cena Fallen, o robo Mestre de Megatron e Líder absoluto dos decepticons.
Nota: 9,5
Steven Spielberg se superou novamente com um filme maravilhoso. Efeitos especiais incríveis
e uma história maravilhosa. O filme vale o ingresso a pipoca, o refri, o docinho e até deixar o troco com a pessoa do caixa de tão bom que é.
O filme tem um elenco ótimo, tiradas de comédia engraçadíssimas e cenas de ação icriveis.



E tem a Megan Fox, que mesmo se o filme fosse horrível eu ia e colocaria o post com apenas duas palavras MEGAN FOX!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Uma noite no Museu


Depois de algum tempo sem posta volto com minha primeira comédia aqui no blog.
Fui esta semana ver o filme uma noite no museu 2...
A principio fiquei muito chateado quando fui ao cinema e a unica versão disponivel era dublada, porém como não haviam outras opções fui ver de qualquer modo e não me arrependi... de fato o filme dublado atrapalha um pouco para puvir algumas coisas, mas nada que uma segunda assistida não resolvesse.
O filme é muitíssimo engraçado, tanto quanto o primeiro. Com a inclusão de efeitos em quadros e em esculturas do pop art engraçadíssimas conseguiram deixar o filme ainda melhor... vamos a história. O filme se trata alguns anos depois do primeiro, Larry Daley (Ben Stiller) é dono da Daley equipamentos, uma loja q vende aparelhos "utilíssimos" como a lanterna que brilha no escuro... enfim, um dia quando larry decide visitar o museu de história natural(seu antigo trabalho) e descobre que quase todas as obras estão sendo levadas embora para que o museu entre em reforma e seja substituidas por equipamentos digitais interativos. Sem poder fazer nada Larry volta ao trabalho, porém recebe um telefonema de Jedediah (Owen Wilson) dizendo que Dexter o macaco havia roubado a placa que dava vida as obras do museu e que agora Kahmunrah (Hank Azaria), que tem uma pinta de gay por sinal, irmão do faraó Akhmenrah (Hank Azaria) estava tentado pegar a placa para ressucitar seu exército do mundo dos mortos.
Quando Larry chega ao Smithsonian, tido como maior museu do mundo em whashinton D.C. as peças começam a ganhar vida, como Amélia Earhart (Amy Adams) que o acompanha durante o resto do filme pois sabe que será uma aventura. Kahmunrah para juntar tropas se une com Ivan o Terrivel (Christopher Guest), Napoleão Bonaparte (Alian Chabat) e Al Capone (Jon Bernthal).

Nota: 9,0 tirando o fato do audio ser um pouco complicado pelo fato do filme ser dublado, é altamente recomendado. O tipo de filme que se assiste para dar muitas risadas, o fato do al capone e seus capangas serem todos em preto e branco. Os einsteins cantam that's the way I like it. Entre outros aspectos fazem o filme valer a entrada, a pipoca, o refrigerante e de quebra um pacotinho de confetes.

domingo, 10 de maio de 2009

x-men origens: Wolverine


De volta aos cinemas. Desta vez para assistir ao novo filme da série x-men.
Como já havia dito, não sou uma pessoa que gosta de filmes "inicios". Então foi algo complicado desde o inicio para ver o filme. Porém como o wolverine é o personagem favorito de quase todos que gostam de x-men decidi verificar.
O filme poderia ser classificado como um "easter egg" para as pessoas que acompanharam os outros filmes. Ou seja, não acrescenta nada de muito significante para a série mas para os fãs mais viciados nos filmes acaba sendo bem divertido.
Deixando de lado o detalhe de ser um filme sobre as origens do volwerine, eu realmente esperava mais deste filme. Não sei dizer ao certo se é pelo fato de a história não ser tão atrativa ou se é pelo fato de que a história não fala nada surpreendente. Não digo que é um filme ruim, é apenas aquela situação: "Nossa legal...Mas podia ter sido melhor né?"
Então sem mais delongas vamos a nota
NOTA: 7,5: O filme é legal e tudo mais, mas falta uma história um pouco mais atrativa. O fato dos olhos do gambit não serem como são no desenho me deixou relativamente desapontado. Vale a entrada, mas não chega a valer a pena gastar com pipoca, refrigerante e balinhas. Compre a entrada, vá direto ao filme, e saia direto, sem muita enrolação, porque o filme é relativamente curto, se ficar enrolando não vai entender nada.
E respondendo ao comentario do reinaldo no filme abaixo... De fato a perda de memória não tem nada a ver... deviam estar sem ideias para como explicar ele não se lembrar do "romance" mas pelo que eu me lembro para alguém sem memoria ele se lembra muito bem de que odeia o dentes de sabre...
P.S.: Ouvi rumores de que o próximo filme da sequencia já tem nome. E é inicio de novo... em breve...
X-men origens: Magneto
Será?

sábado, 25 de abril de 2009

Anjos da noite a rebelião


Sinto que começa uma época de filmes sobre começo de filmes, como muitas das sequências cinematográficas acabam ou tem em meio a seus filmes, um que explica o início da história, com sequência de underworld não foi diferente, o terceiro filme da saga fala sobre o ínico, como os lycans (algo próximo aos lobisomens) deixaram de ser escravos dos vampiros.
Apenas antes de começar a critica em si vou dar uma passada em quais filmes estão em cartaz que se trata sobre inicios: O que está sendo tratado neste post, X-men origins wolverine, Exterminador do futuro a salvação (que é fim e começo ao mesmo tempo).
Voltando ao tema do post...Este filme é pelo que vi, muito difícil de ser entendido sem que as pessoas tenham visto os outros dois. Não é impossivel de se entender porém se a pessoa viu os outros dois, além de entender a história do terceiro filme, esclarece algumas dúvidades dos outros dois, o que acaba fazendo a entrada valer.
A série nunca foi uma maravilha nos efeitos especiais mas sinto que o segundo filme era um pouco melhor do que o último neste quesito.
Como meu objetivo neste blog não é enxer os posts de spoilers para que as pessoas ainda possam ver os filmes, vou encerrar por aqui.
Nota: 8,0. Filme muito explicativo sobre a historia dos outros dois, mas quem não os viu pode sair um pouco confuso da sala do cinema, ainda assim vale a entrada. Espero sinceramente que se houverem continuações deste filme os produtores caprichem um pouco mais nos efeitos especiais. Embora a música e a fotografia sejam ótimos, os mosntros podiam Nunca fui muito fã de filmes que tratam sobre o início das histórias dos outros, porém como meu trabalho para com o blog é ser o mais cético possivel deixo este critério de lado(embora este tipo de filme infelismente esteja se tornando moda).

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Presságio


Voltei ao cinema esta semana, desta vez para assistir ao filme presságio com Nicolas Cage.
O filme não era bem o que eu esperava, não que tenha sido melhor ou pior, apenas imaginava algo completamente diferente. O filme é um suspense/aventura que te deixa colado na poltrona o filme inteiro.
A história fala de uma menina que escreveu a 50 anos uma folha com varios números para um projeto de escola que seria guardado para ser aberto 50 anos depois, por crianças da mesma escola.
Quando ocorre de o filho de nicolas cage pegar o papel que a menina havia escrito os numeros ele encontra um padrão neles que falam sobre acidentes, dizendo quando aconteceriam e quantas pessoas seriam mortas naquele acidente, a partir disso nicolas cage tenta evitar tais tragédias, porém o problema de verdade ocorre quando no ultimo acidente está escrito que todos morrerão.

nota: 9,0: o filme faz com que você fique todo o focado na história, um suspense que dá vontade de voltar e ver de novo. Este tipo de papel mais (intelectual) assim digamos combina bem com Nicolas Cage na minha opinião. Vale muito bem o ingresso, a pipoca, o refrigerante e as balinhas embora você muito provavelmente não vá nem se lembrar de comer, de tão focado que acaba ficcando por conta da história, que em época de aquecimento global e coisas do tipo, é bom de vez enquando aparecerem filmes com teorias, por mais absurdas que sejam, que não coloquem a culpa do fim da humanidade em nossas mãos.